mais “campanha negra”

… no caso #freeport:

 

«Um dia antes das primeiras buscas da Política Judiciária (PJ) aos escritórios sob suspeita no caso Freeport, em Fevereiro de 2005, grande parte da documentação que ali se encontrava terá sido destruída, avança o semanário “Expresso” na edição que será publicada amanhã. [aqui

 

«Uma troca de e-mails entre Charles Smith, da consultora Smith & Pedro, contratada para tratar do licenciamento do “outlet” de Alcochete, e Gary Russel, da Freeport, mostra que estes conheciam o actual primeiro-ministro, o que desmente a versão de José Sócrates, noticia o semanário “Sol” na sua edição de amanhã. [aqui

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.