por falar nisso…

Por falar em taxas moderadoras nas cirurgias, lembrei-me de algo que pensei há tempos e que, sinceramente, não sei se por aqui escrevi. Tal situação tem a ver com quem, na realidade deveria pagar as taxas moderadoras.

Penso que, e partindo do pressuposto que as taxas moderadoras são, na sua génese, uma forma de moderar o acesso das pessoas aos cuidados de saúde, quem deveria pagar as mesmas são as pessoas que decidem essa utilização.

Logo, se quem decide ir às urgências são os clientes do Serviço Nacional de Saúde e quem paga a respectiva taxa moderadora é, obviamente, esse mesmo cliente, a pessoa que deveria pagar as taxas moderadoras em situação de cirurgia deveria ser também a pessoa responsável pela decisão dessa utilização, ou seja, o médico responsável pelo diagnóstico e encaminhamento para cirurgia.

2 Comments

  1. O seu argumento tem todo o sentido, embora duvide da viabilidade política.Permito-me chamar-lhe a atenção para uma novidade interessante que descobri ser prática comum em alguns anarco-capitalistas: tem uma tese X, e decide dizer que o autor Y até pensa assim também e deixa o link. Não é que para azar, ao verificar o link se constata que a tese do autor Y era contrária à que estava a reclamar? Comvido-o a verificar como se mente por aí:http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/03/verdades-e-mentiras-sobre-as-causas-da.htmlCS

  2. sendo sincero, nunca sequer pensei que tivesse essa viabilidade, mas só evidência a estupidez desta medida.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.