motivos simples para o não à pena capital…

«Paul House devia estar morto há mais de vinte anos. Em 1986, um juiz condenou-o pela violação e assassínio de uma mulher e decretou, como sentença, a pena capital. Desde então, este americano arrastou-se pelo corredor da morte à velocidade que o seu caso andou nos tribunais de recurso. Até que na terça-feira, a um mês da derradeira data para a sua execução, House foi declarado inocente.» [aqui]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.