bem visto…

Corninhos, por Adolfo Mesquita Nunes, no "A Arte da Fuga"

«Não foi o respeito pelo parlamento que colocou Manuel Pinho na rua. Foram os resultados das eleições europeias. Se tivesse sido pelo respeito, parte do Governo já tinha ido parar à rua, a começar pelo Ministro que por lá se senta todos os dias.»

O Chifrudo, por José Raposo, no "Dolo Eventual"

«Manuel Pinho não deveria ter saído por causa do detalhe tauromáquico de ontem no Parlamento. Como já disse por aqui, ele deveria ter saído desde que protagonizou o incidente da mão de obra barata na China, até porque já na altura, que agora parece distante, havia um acumular de situações infelizes e de uma incapacidade total de lidar com os jornalistas e a oposição. No fundo deveria ter saído por incompetência e não por qualquer gesto menos ponderado no debate do estado da nação.»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.