podemos iniciar um novo processo de bolonha?

Quem me conhece e quem (por acaso) possa dar com este blog, sabe que sou um crítico do Processo de Bolonha. Não do que a declaração de Bolonha pressupõe, mas da forma como a mesma foi aplicada em Portugal, nomeadamente no que se refere ao Serviço Social. Aliás, em Agosto de 2007 escrevia por aqui que Bolonha tinha sido uma oportunidade perdida no âmbito desta formação em Portugal (ver aqui).

Não obstante, e embora seja discutível a aprovação de algumas adequações, uma das vantagens que este processo parecia ter trazido para a formação superior em Portugal, foi a reordenação e reorganização dos cursos, nomeadamente no que se refere às suas nomenclaturas. Digo parecia, porque se o foi num momento inicial, rapidamente essa vantagem, esse aspecto positivo, deu lugar a “mais do mesmo”.

Sempre defendi que, existindo uma formação base em Serviço Social (os primeiros ciclos ou licenciaturas como se vulgarizou chamar em Portugal), deveria ficar para formação pós-graduada (segundos ciclos ou mestrados) as especializações.

Foi mais um momento não aproveitado. Já existia a licenciatura em “Gerontologia Social”, em “Intervenção Social e Escolar”, e eis que surge mais uma: a licenciatura em “Desenvolvimento Comunitário“.

Estou certo que, daqui a mais uns anos (e não serão muitos) estaremos novamente a enfrentar a mesma situação de 2004/2005 no que respeita às designações e consequentes saídas profissionais.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.